Regência Verbal: Verbo Namorar.

regencia-verbal-verbo-namorar-2

Na maioria das vezes, a regência verbal do verbo namorar é empregada de forma equivocada. Este verbo é classificado como verbo transitivo direto. Se você tem dúvidas sobre regência verbal, clique aqui.

Grande parte da população brasileira pensa que o verbo namorar exige a preposição com. Mas isso não é verdade.

Assim, comumente, ouvimos as pessoas dizendo que fulano namora com sicrano, sicrano namora com beltrano etc. Continue lendo para aprender a falar e escrever corretamente o verbo namorar.

Aprenda também:

  • Perda ou Perca: qual a diferença?
  • Rol taxativo e exemplificativo.

Como dissemos no início, o verbo namorar é transitivo direto, ou seja, entre e ele e o seus complementos não há preposições, especialmente a preposição com. Somente os verbos transitivos indiretos exigem preposições.

Vejamos alguns exemplos do emprego correto do verbo em análise:

João namora Maria.

Romeu namorou Julieta.

O garoto namorou sua prima.

Verbo namorar – “forçando a barra”.

Podemos até tolerar a preposição com relacionada ao verbo namorar quando estamos nos referindo à companhia.

Como assim? Veja a frase a seguir como exemplo:

João está namorando com José.

Esta frase não está gramaticalmente incorreta, mas ela também não nos informa que João e José são namorados.

O sentido correto da oração é que João e José estão acompanhados, mas cada um deve estar namorando pessoas distintas.

Isto é, cada um deles namora sua respectiva namorada (ou namorado). 🙂

Gostou de aprender a regência do verbo namorar?!

Então aprenda também:

Go up

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está satisfeito com ele. Leia mais...